Historial

Um pouco de história ...


"Freguezia de Nossa Senhora da Conceição  - Faro"

Conceição freguezia derramada por cazaes a N.O. de Faro, quasi toda em terreno plano e de boa produção de cereaes e algum figo.

Igreja mediana em fábrica, junto á ribeira que vêm á ponte do Rio Secco na estrada de Faro, só com casas do parocho ao pé, o qual pagava outr´ora 400 réis por anno ao prior de S. Pedro de Faro, de reconhecença.

Confina com Estoi ao N., S. João da Venda e Stª. Barbara a O., Faro a S., Pexão a E.


Mapa Comparativo da População da Freguesia
(desde 1732 até 1837)

1732 - Fogos -90 Habitantes -196

1756 - Fogos-118 Habitantes-392

1776 - Fogos-128 Habitantes- ?

1802 - Fogos-127 Habitantes-505

1828 - Fogos-160 Habitantes-610

1835 - Fogos-195 Habitantes-622

1837 - Fogos-200 Habitantes-791

Em 1839 ainda não existia a Aldeia, apenas a Igreja e a casa do Paroco sendo o número de fogos da Freguesia de 300.


Mapa por Idades e Sexos

População existente na Freguesia, em 1802, extraido de outro mandado fazer, pelo Bispo D. Francisco Gomes:

-Até aos 7 anos - Homens -61 Mulheres -38

-Dos 7 aos 25 anos - Homens -100 Mulheres -87

-Dos 25 aos 40 anos - Homens -46 Mulheres -56

-Dos 40 aos 60 anos - Homens -49 Mulheres -48

-Dos 60 para cima - Homens -12 Mulheres -8

-Totais Habitantes -505 Fogos -127


Casamentos, Nascimentos e Obitos
(Ocorridos na Freguesia, nos anos de 1835, 1836 e 1837)

1835 -Casamentos-13 Nascimentos -43 Obitos -27

1836 - Casamentos -6 Nascimentos -26 Obitos -17

1837 -Casamentos-20 Nascimentos -70 Obitos -30

Supressão

Em 1838, pelo arredondamento feito pela Junta do Distrito, fica supprimida esta freguezia, sendo dividida por Stª. Barbara, Estoi, e pelas duas de Faro da forma que nellas se vê".


Em 1838, um decreto suprimiu-a.

Porém esta supressão mal se chegou a concretizar.


Segundo a Encicliopédia Verbo esta antiga Freguesia era curato de apresentação do Bispo no termo de Faro, passando mais tarde a priorado.







(Transcrevemos o que sobre a freguesia, consta na "Corografia ou Memória Económica, Estatistica e Topográfica do Reino do Algarve", da autoria de João Batista da Silva Lopes, sócio da Academia Real das Sciencias de Lisboa, livro publicado em 1841, pela mesma academia.

Este livro foi reeditado pela "Editora Algarve em Foco", em 1988.)

.............................
Conceição no Arquivo da Torre do Tombo »»»

-Disponiveis on-line Registos 1881-1903 - Igreja de Nª. Sª. da Conceição »»»
(Fonte:-Direcção Geral de Arquuivos)